A história do Ballet Clássico

A evolução e o aperfeiçoamento das técnicas da dança vieram da Itália, onde o ballet era dançado e falado. A grande diferença da época era que na França os passos eram considerados mais elegantes, já na Itália, mais acrobáticos.

No século XVII os espetáculos foram ficando menos falados e com mais expressão corporal, saindo dos palácios rumo aos teatros. Luís XIV, rei da França, era admirador da Dança Clássica e praticava a atividade sob os cuidados de Charles Louis Pierre de Beauchamps. Este foi o responsável pela evolução técnica do Ballet Clássico, através da introdução da rigidez, da estética do movimento e das cinco posições básicas que permanecem até os dias atuais.

A primeira Escola Técnica de Ballet Clássico foi fundada em 1661 em Paris e era conhecida como L ́Academie Royale de Danse (Academia Royal de Dança). A partir de então, novas escolas surgiram, por meio dos mestres que desenvolviam cada vez mais seus conhecimentos na França e país afora. (BERTONI, 1992, p. 72)

Uma das mais famosas bailarinas foi Marie Camargo, que encurtou sua saia, calçou sapatos leves e pôde saltar para mostrar com delicadeza e com sensualidade os passos executados. Ao final do século XVII, Jean-George Noverre originou o Ballet de Ação. Com isso, a dança passou a ter uma narrativa com enredo e personagens reais, o que modificou drasticamente as formas originais dos ballets até então.

Na época do Romantismo surgiram os ballets de repertório, como “Giselle” e “Le Corsaire”, tornando a dança a união da técnica com as formas expressivas do corpo. Foi nessa época que as famosas sapatilhas de ponta foram introduzidas nas danças por Geneviéve Gosselin, como uma forma de trazer maior leveza às bailarinas, que deveriam ser levantadas e conduzidas pelos seus parceiros na técnica conhecida como pas de deux.

O Ballet teve seu declínio no período Romântico na Europa e somente na Rússia, graças ao czar, manteve-se no seu auge. Assim, muitos bailarinos e coreógrafos foram ao país em busca de trabalho.

O francês Marius Petipa foi à Rússia em meados de 1850 e coreografou célebres ballets, como “A Bela Adormecida”, “O Lago dos Cisnes” e “O Quebra Nozes”, propagando a ideia de que o surgimento do Ballet foi na Rússia. Mas, ao contrário, esse país ajudou a revolucionar a dança em seu período de declínio.

A história do KPOP

 K-pop (abreviação de korean pop (música pop coreana ou música popular coreana) é um gênero musical originado na Coreia do Sul, que se caracteriza por uma grande variedade de elementos audiovisuais. Embora designe todos os gêneros de "música popular" dentro da Coreia do Sul, o termo é usado mais frequentemente em um sentido mais restrito, para descrever uma forma moderna da música pop sul-coreana, que abrange estilos e gêneros incorporados do ocidente como poprockjazzhip hopR&Breggaefolkcountry, além de suas raízes tradicionais de música coreana. O gênero surgiu com Seo Taiji and Boys, um dos primeiros grupos de K-pop e formado em 1992. Sua experimentação realizada com diferentes estilos de música "remodelou a cena musical da Coreia do Sul". Como resultado, a integração de elementos musicais estrangeiros, tornou-se uma prática comum aos artistas de K-pop da atualidade.

O K-pop conquistou popularidade primeiramente no Leste da Ásia no final da década de 1990 e entrou no mercado de música japonês na virada do século XXI. No final dos anos 2000, cresceu de um gênero musical comum entre adolescentes e jovens adultos pertencentes ao Oriente e Sudeste da Ásia, para uma subcultura. Atualmente, com o advento dos serviços de redes sociais online, a atual disseminação global do K-pop e do entretenimento coreano, conhecidos como a Onda Coreana, podem ser vistos na América Latina, Índia, Norte da África, Oriente Médio e em outras partes do ocidente

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram
  • whats corel
  • email

atendimento

Segunda à sexta - 09h às 22h30

sábado - 09h00 às 22h00

  • Facebook ícone social
  • YouTube
  • Instagram
  • whats corel
  • email

ENDEREÇO

Av. do cursino, nº 2,226 

jd. da saúde

são paulo - sp

cep: 04132-001